Antigo amor: noites insones

As festas de fim de ano estavam próximas e eu ajudava minha mãe com todos os preparativos. Decoração, compras para a ceia, escolha dos presentes, detalhes da casa. Quando tinha uma folga, corria para a sala com meu pai. Como de costume, cantávamos sem pressa, sem compromisso. Até o dia em que ele começou a dedilhar nas cordas do violão uma nova melodia, que pedia … Continuar lendo Antigo amor: noites insones

Antigo amor: o encontro de dois mundos

Eu já estava completamente recuperada do mal-estar e só quando coloquei a cabeça no travesseiro, tarde da noite, percebi que não tinha parado um segundo sequer de pensar na tal prima. Dei a ela todos os adjetivos negativos que eu conhecia, apesar de não saber o motivo de tanta raiva. Era só a prima dele! Os dias passaram, assim como meus pensamentos insanos sobre a … Continuar lendo Antigo amor: o encontro de dois mundos

Devaneios

Incongruência, insensatez, indulgência… Abri os olhos e o quadro pintado era vermelho.  Àquele vermelho vivo, esmaltado e pulsante. Doía cada nervo, cada membrana enlaçada aos meus olhos. Tudo louco, ás avessas, informações incongruentes  e a dor lancinante de uma faca afiada trespassando minha mente. Era culpa? Medo? Era raiva? Desespero? O encarnado encarnava minha mente e deixava rubro minha alma. Fechei os olhos e as … Continuar lendo Devaneios

#20Novembro: dia da Consciência Negra

O Dia da Consciência Negra é comemorado em 20 de novembro em todo o país. A data homenageia Zumbi, um africano que nasceu livre, mas foi escravizado aos seis anos de idade. Mais tarde ele voltaria para sua terra natal e seria líder do Quilombo dos Palmares. Zumbi morreu em 20 de novembro de 1695. O objetivo do Dia da Consciência Negra é fazer uma reflexão sobre a importância do … Continuar lendo #20Novembro: dia da Consciência Negra

Antigo amor: festa de boas vindas

Na semana seguinte ao baile, a escola informou as notas finais. Com o boletim em mãos, garanti as férias até o próximo ano, que seria o último. Às vezes me pegava pensando no que faria quando terminasse o colégio. Precisaria de um emprego. Será que conseguiria uma vaga na loja de discos do bairro? Naquele tempo, essa era a minha maior ambição. Passar o dia … Continuar lendo Antigo amor: festa de boas vindas

Antigo amor: o baile da escola

Eu tinha acabado de sair de um demorado banho, que deixou o banheiro completamente enevoado com o vapor da água quente. Enrolada na toalha, corri para o meu quarto, bati a porta e, antes de mais nada, puxei a agulha da vitrola. O vinil começou a rodar no volume máximo. Enquanto as batidas do rock’n’roll de Elvis contagiavam o quarto, secava meu corpo magro e … Continuar lendo Antigo amor: o baile da escola

DIVULGA#LGBTI: saindo da crise com estilo

Seguindo a onda solidária que o resultado das eleições 2018 gerou na alma e no coração de algumas pessoas que estão oferecendo seus serviços gratuitamente e ajudando a organizar casamentos homoafetivos aos estão com medo de perder o direito de unir-se de forma legal ao seu companheiro ou companheira. Logo após o inominável ter sido eleito e a intolerância e o desrespeito terem subindo a … Continuar lendo DIVULGA#LGBTI: saindo da crise com estilo

Nobody’s home

Você me pergunta sobre a minha vida dos meus anseios e do passado. Se houve abraços de despedida, canções de ninar e beijos de boa noite. Infelizmente amigo, tenho que retirar a faixa dos teus olhos nem todos, tivemos a sorte de Alice. Para mim e para muitos, não há lar. Não há família, nem almoços ao domingo. Não há abraços, nem sorrisos e muito … Continuar lendo Nobody’s home

Manifesto dos mutantes sobreviventes

Yeah, a vida é totalmente ordinária, mas nós não precisamos ser, ok? Por quê? Ora, nós somos joviais, inteligentes, confiantes, e as vezes (ou sempre) malvados com eles. Quem são eles? Eles são essas pessoas pequenas, insignificantes, sem graça, absolutamente desprovidas de charme, de alegria, de joie de vivre, perversas em todas as suas ambições. Nós, somos mutantes perdidos à procura de auto conhecimento, de … Continuar lendo Manifesto dos mutantes sobreviventes

#LGBTQ: Nós somos a resistência

O resultado do primeiro turno da eleição deixou muitas pessoas apreensivas, mas com certeza 10% dos brasileiros literalmente ficaram com o coração nas mãos. A população LGBTQ que foi alvo do ataque do ‘Coiso’, notícias falsas e super tendenciosas fizeram com que a aversão de uma grande quantidade de pessoas que se afirmam cristãs transformassem-se em ódio.  O segundo turno, inicia-se hoje e para nós, … Continuar lendo #LGBTQ: Nós somos a resistência